quarta-feira, fevereiro 15, 2017

Reserva Naval nas LDG (7)


LDG «Bacamarte»


(Post reformulado a partir de outro já publicado em 10 de Maio de 2009)


A LDG “Bacamarte” - LDG 203, construída no Arsenal do Alfeite, foi lançada à água em 16 de Março de 1984 e aumentada ao efectivo dos navios da Armada em 2 de Agosto de 1985.




A LDG «Bacamarte» a navegar.

Esta nova contrução – a C 121 do Arsenal do Alfeite – foi a terceira de um grupo pertencente à classe «Bombarda» (modificada), embora com características, armamento, máquinas propulsoras, equipamentos e lotação praticamente idênticas às das que deu o nome à classe.

Apresenta algumas diferenças sensíveis no comprimento total que passou para 56,54 m, na capacidade de deslocamento carregada aumentada para 690 t, na velocidade disponível que passou a 10,5 nós e no aumento de guarnição para 25 homens, com 3 oficiais, 4 sargentos e 18 praças.




O lançamento à água da LDG "Bacamarte".

Destinada ao transporte de tropas e veículos podendo abicar para o seu desembarque, tem cumprido missões logísticas na costa continental e nos arquipélagos dos Açores e da Madeira, participando também regularmente em exercícios navais.

Em Janeiro do ano corrente ainda se mantinha no efectivo dos navios da Armada.

Até 1985, foram Comandantes e Encarregados de Comando da LDG «Bacamarte» os seguintes oficiais do QP:

1TEN Simão Neves de Almeida, 02Ago85 a 05Out85;

Não foi possível localizar qualquer oficial da Reserva Naval que tenha pertencido à guarnição daquele navio.


Fontes:
Texto do autor do blogue compilado e corrigido a partir de «Setenta e Cinco Anos no Mar - Lanchas», Comissão Cultural de Marinha, 2006; Dicionário de Navios e Relação de Efemérides, Adelino Rodrigues da Costa; Revista da Armada; Lista da Armada; Anuário da Reserva Naval, Adelino Rodrigues da Costa e Manuel Pinto Machado, 1958-1975, Lisboa, 1992;

mls

Sem comentários: