terça-feira, outubro 24, 2017

Angola, 1967 - Marinha no rio Cuando, Parte I


Fuzileiros e Reserva Naval no rio Cuando - Angola, 1967

(Post reformulado a partir de outro já publicado em 4 de Setembro de 2009)


Em meados de 1967, pela agressividade crescente do terrorismo no leste de Angola, houve natural necessidade de reforçar o dispositivo naval naquele frente do território. Para tal, foram deslocados pelo Comando Naval de Angola para a Zona Militar Leste dois Destacamentos de Fuzileiros Especiais.

Ficou um sedeado no Chilombo, o DFE 2, na margem esquerda do rio Zambeze, com a LDP 208, armada, e outro, o DFE 11, na margem direita do rio Lungué-Bungo, junto à ponte da picada Lucusse-Luvuei, articulando-se um comando móvel e comunicações com a Zona Militar Leste, no Luzo.

Estacionada naquele teatro, a Companhia de Fuzileiros n.º 1 já tinha regressado a Luanda às INIC, deixando o rio Zaire, mantendo um pelotão destacado no rio Cuando, integrando o designado Destacmarcuando com a missão de patrulhar aquele rio e margens, disponibilizando pessoal para guarnecer a LDP 210 que, desde 29 de Junho, a Marinha manteve a navegar naquele rio.

Trajecto da LDP 210 de Luanda ao rio Cuando,
1800 Km por estrada - Maio de 1967



A LDP 210, foi uma das muitas lanchas que, num esforço hercúleo, a Marinha colocou no coração de África. Viajando a partir da costa ao longo de um percurso terrestre de 1800 km em cima de uma viatura-plataforma integrada numa coluna da Região Militar de Angola (RMA), saiu de Luanda e, passando por Salazar, Malanje, Nova Gaia, Quitapa, Xassegue, Cacolo, Lizo, Lutamba, Lucusse, Gago Coutinho, Ninda e Chiume, chegou ao rio Cuando.



Em cima o lançamento da LDP 210 e, em baixo, já a navegar.



Foi lançada em Chicove, a 9 km de Chiume, a montante de Neriquinha sofrendo o primeiro ataque logo no dia seguinte.

É da LDP 210 que se inclui o filme reportagem seguinte, provavelmente rodado em 1967 ou 1968. Apesar das dificuldades e ausência de informação é possível identificar o 2TEN RN Frederico da Luz Rebelo, oficial da Reserva Naval do 8.º CEORN e que comandava a força transportada na lancha.



O 2TEN FZ RN Frederico da Luz Rebelo

Aquele oficial foi para Angola integrado na Companhia de Fuzileiros n.º 11 (1966/1969), comandada pelo 1TEN Carlos José Saldanha Mota dos Santos, tendo como imediato o 2TEN José Alberto de Milharadas Pedro e o 2TEN Carlos Alberto Mano Simões Lopes.

Pertenceram ainda aquela unidade os 2TEN FZ RN Luis Domingos Costa Azevedo Vaquinhas, 2TEN FZ RN Manuel José Gomes dos Santos Pereira e o 2TEN MN RN João Carlos Cabral Nunes Correia todos do 8.º CEORN - Reserva Naval




Locução de Júlio Isidro.

(continua)



Fontes:
Cópia de filme gentilmente cedida pela Escola de Fuzileiros, a partir de película rodada, ao tempo, com a colaboração da Marinha; Fuzileiros-Factos e Feitos na Guerra de África, 1961/1974, Angola, Luis Sanches de Baêna, Comissão Cultural de Marinha, 2006; Texto e fotos de arquivo do autor;


mls

5 comentários:

Egidio Cardoso disse...

Na verdade e tanto quanto sei, a Marinha no Cuando, estava representada por dois destacamentos, cada um com uma LDP 210, transportadas por estrada, desmontadas, em cima de viaturas: uma delas, como refere, no Chicove, a norte de Neriquinha. A outra, a que não faz referência, a sul da Neriquinha, mais exactamente no Rivungo (Destacamento de Marinha do Rivungo) local onde existia um destacamento com um pelotão da companhia de caçadores estacionada na Neriquinha. Veja o nosso blog, especificamente o post: http://angola3441.blogspot.com/2010/01/o-ataque-ldp.html
E.C.
angola3441.blogspot.com

Unknown disse...

eu estava no NINDA quando a lancha por la passou era dos super ratos -CART 1701

Unknown disse...

eu estava no ninda quando a lancha por la passou era da cart 1701 os super ratos

Unknown disse...

eu estive no ninda em 67 quando a lancha passou por la era da cart 1701

Miranda disse...

procuro senhor Antonio Vieira pinto que era marinheiro estive em cabo verde no Navigo zambeze em 1967 deixou uma filha Maria Miranda filha de Joana Miranda